Síndrome da criança hiper-presenteada – Saiba o que é e como evitar

Síndrome da criança hiper-presenteada – Saiba o que é e como evitar

A síndrome da criança hiper-presenteada surge quando os pais, numa tentativa de recompensar a sua ausência, oferecem presentes. A melhor forma de evitar que os seus filhos sofram desta síndrome é passando tempo de qualidade com eles.

A vida de hoje em dia é tão corrida que, muitas vezes, deixamos para trás o nosso papel de pais. Para tentar compensar a nossa ausência, oferecemos presentes aos nossos filhos. No entanto, achar que um brinquedo novo compensa a ausência de um pai ou de uma mãe está errado. Estas ações apenas levam a que as crianças desenvolvam a síndrome da criança hiper presenteada.

Todas as crianças adoram receber presentes. No entanto, os presentes devem ser dados no natal ou nos aniversários. A verdade é que o melhor presente que um filho pode ter é passar tempo de qualidade com os pais.

Um filho que passa muito tempo sem os seus pais, ou sem um dos pais, e que é presenteado por isso, sente-se no direito de pedir um presente sempre.

Obviamente que este não é um problema de educação em si só, mas de toda uma envolvência familiar que causa problemas no crescimento pessoal da criança.

Síndrome da criança hiper-presenteada

A síndrome da criança hiper-presenteada está directamente relacionada com o excesso de presentes que ela recebe. Uma criança que sabe que tem tudo aquilo que quer acaba por manipular os pais de forma a obterem todas as suas vontades.

Sem dúvida, esta síndrome é uma consequência do tempo escasso que os pais dedicam aos seus filhos.

Sintomas

Para identificar se o seu filho sofre da síndrome da criança hiper-presenteada, confira os sintomas a seguir.

  • Falta de tolerância perante a frustração
  • Pouca imaginação
  • Não dá valor ao que tem
  • Egoísmo
  • Consumismo e Materialismo
  • Caprichos

O que fazer

A maior tarefa de um pai é guiar os filhos ao longo da sua vida. Assim sendo, é importante que os pais disponham de tempo para passarem com os seus filhos diariamente. Só assim ele poderá perceber que nenhum presente no mundo é tão valioso como a presença dos pais.

É também importante que o seu filho perceba que brinquedos e presentes têm um custo, que é o trabalho dos seus pais. Ao mostrar-lhes como os brinquedos são comprados, e de onde vem o dinheiro para os adquirir, eles aprendem a valorizar cada um dos presentes, além de os incentivar a encontrar um trabalho no futuro.

Sara